Falta de energia elétrica

 em Atualidades, Direito Civil e Consumidor

As interrupções no fornecimento de energia elétrica geram grandes prejuízos para todos, causando danos em toda a escala de produção. Os maiores prejuízos são dos agricultores, supermercados, restaurantes, sorveterias, frigoríficos, estufas de fumo, comerciantes e empresas em geral, que além de terem equipamentos danificados pelas oscilações de energia, interrompem a produção e acabam tendo seus produtos estragados.

O ressarcimento dos prejuízos passa pela necessidade de ingressar com uma ação judicial contra a companhia de energia elétrica, sendo que as indenizações cabíveis são danos materiais, lucros cessantes e danos morais.

Os danos materiais são aqueles resultantes dos danos nos equipamentos e mercadorias. Os lucros cessantes são os prejuízos causados em função do lucro aferido caso o produto fosse industrializado e vendido no mercado. Por sua vez, o dano moral é embasado em diversos fatores, principalmente os prejuízos de reputação da empresa em não atender a demanda perante seus clientes e a compensação financeira pelos transtornos causados.

Postagens Recentes
Precisa de advogado?